29 de abr de 2013

MINHA CAIXA DE CORREIO #14

Bom dia, desbravadores!

Como foram de final de semana? Espero que tenha sido com muita leitura! E, para já começar bem essa semana, vim mostrar a vocês o que eu acabei adquirindo nos últimos tempos.

COMPRAS:

 
A Guerra dos Tronos e a Filosofia e O Forte: quem aqui não gostaria de entender mais a respeito das Crônicas de Gelo e Fogo? Eu sou um desses. Quanto ao livro do Bernard, é muito bonito e pretendo ler ainda esse semestre.
 
Elantris e Efeito Mantícore: Elantris era meu sonho de consumo há muito tempo e finalmente tive a oportunidade de comprá-lo. Vai dizer que a capa não é sensacional? Já o Efeito Mantícore é a continuação de O Poder Verdadeiro, livro que eu ainda não pude ler.
 
O Condenado e Azincourt: ambos livros do meu autor favorito e que até já foram resenhados anteriormente aqui no blog. Para ver as resenhas, basta acessar a página das mesmas.

27 de abr de 2013

RESULTADO DA PROMOÇÃO: PÁSCOA RECHEADA DE LIVROS

Boa tarde, desbravador.

Acabou de sair o resultado da promoção Páscoa Recheada de Livros. Quer saber se você é um dos grandes vencedores?

22 de abr de 2013

MARCA ATINGIDA: 1.000 SEGUIDORES

Boa tarde, desbravadores.

É com uma grande alegria que eu anuncio a todos vocês que o blog alcançou a importantíssima marca de:

1.000 seguidores

Fiquei muito feliz quando entrei no blog hoje pela manhã e descobri que havia alcançado esse número alto de seguidores em menos de 1 ano na ativa. Gostaria de agradecer a todos os parceiros do blog e, principalmente, a você, leitor, que acompanha o Desbravando Livros e faz desse blog um espaço cada vez melhor para leitura e divulgação das novidades, entre outras infinitas coisas.

E quanto a vocês, estão gostando do blog?

12 de abr de 2013

RESENHA: A ORDEM PERDIDA - GABRIEL SCHMIDT

SinopseA Liga dos Yethis traz consigo o espírito de seis jovens guerreiros que precisam encontrar a Ordem. Um pequeno artefato que não demonstra o quanto a existência da humanidade depende dele. Ável com seus amigos terá de enfrentar inúmeros inimigos, diversas dimensões e poderes; além da fúria dos deuses adormecidos. Acompanhe a corajosa trajetória desse grupo que promete não desistir de sua busca.

Skoob do livro

A Ordem Perdida, o primeiro dos sete livros que compõem a saga A Liga dos Yethis, foi escrito pelo autor BRASILEIRO Gabriel Schmidt, 16 anos, uma das novas promessas da literatura brasileira. Este livro foi publicado em 2012 pela Editora Novo Século e tem tudo para fazer um grande sucesso com o decorrer da saga.

No começo do livro, somos apresentados a Avél, 13 anos, e vários outros garotos e garotas de idade semelhante que acabam sendo "capturados" por mentores e levados ao castelo dos Yethis. Confesso que essa parte me lembrou bastante de Percy Jackson, e fiquei ainda mais feliz quando soube do próprio autor que a série do Rick Riordan foi uma inspiração para escrever esse livro.

8 de abr de 2013

BOOKTRAILER DO LIVRO "O ETERNO BARNES"

Bom dia, desbravadores!

Logo abaixo vocês podem assistir ao booktrailer do livro O Eterno Barnes do autor Salustiano Luiz de Souza, parceiro aqui do blog.



O que acharam? Em breve tem resenha do livro aqui no blog para vocês!

6 de abr de 2013

PROMOÇÃO: EU AMO LER!

Boa tarde, desbravador!

Os blogs My BookshelfThe Serial ReaderMarcadores de LeituraDesbravando Livros e Perdido em Palavras se uniram e estão fazendo uma super promoção, onde o grande sortudo poderá ganhar um MINI KOBO. E ainda tem mais 5 livros para outros dois ganhadores!

- O primeiro sorteado vai levar um MINI KOBO;
- O segundo leva 3 livros;
- E o terceiro leva os 2 livros restantes.

Os livros sorteados são:

"Alma?",  Gail Carriger
"O lado bom da vida",  Matthew Quick
"As leis do amor",  Chris Prentis
"Gêmeos",  Pauline Alphen
"Anjos de quatro patas",  Walcir Carrasco

Quer saber como? Vamos lá!
Para participar, apenas siga as seguintes regras:

1- Seguir os 5 Blogs pelo GFC;
2- Ter um endereço de entrega no Brasil;
3- Comentar no post da promoção em um dos blogs, deixando e-mail para contato!


ATENÇÃO!

- Cada blogueiro terá o prazo de 30 dias para enviar os livros após o término da promoção;
- O prazo de envio do mini Kobo é maior, pois a responsável pelo envio do Kobo não estará no Brasil na época de encerramento da promoção;
- Os vencedores terão o prazo de 3 dias para responder o e-mail enviado por um dos blogueiros. Caso isso não aconteça, um novo sorteio será realizado.

3 de abr de 2013

Resenha: Azincourt - Bernard Cornwell


Título: Azincourt
Original: Azincourt
Autor: Bernard Cornwell
Páginas: 462
Editora: Record (2009)

Sinopse: Azincourt é uma das mais grandiosas batalhas da História. Travada entre dois exércitos desiguais que se enfrentam em condições desastrosas no dia de São Crispim em 1415, resultou em uma vitória extraordinária, celebrada na Inglaterra anos depois de Shakespeare tê-la imortalizado na peça Henrique V. O notável triunfo do arco grande, conhecido como longbow, sobre cavaleiros de armaduras, e do homem comum sobre a aristocracia feudal são alguns dos mitos que a batalha criou. Bernard Cornwell sempre quis escrever sobre Azincourt e sua versão retrata a realidade por trás desses mitos. É um relato vívido, de tirar o fôlego e meticulosamente pesquisado sobre essa grande batalha e suas consequências. A partir do ponto de vista de nobres, camponeses, arqueiros e cavaleiros. Cornwell retrata habilmente as horas de luta implacável, o desespero de um exército mutilado pela doença e a coragem excepcional dos soldados ingleses.

Recheado com todos os ingredientes necessários para se fazer um romance histórico, Azincourt está, a partir de hoje, na minha lista dos melhores livros de Bernard Cornwell. É simplesmente intrigante a facilidade que o autor tem em narrar os acontecimentos de épocas passadas e ao mesmo tempo nos transportar para dentro da narrativa.

O livro nos apresenta Nicholas Hook, arqueiro inglês especialista em criar problemas desde que nasceu. Hook, assim como vários outros arqueiros, é enviado por seu senhor para Londres a fim de acabar com uma rebelião. Lá, nosso protagonista se mete em uma briga e é declarado fora-da-lei, tendo que buscar refúgio na França. Em Soissons, cidade francesa guarnecida pelos ingleses, o arqueiro conhece como é uma guerra de verdade: mortes, estupro, violência descontrolada e traições que mudam o destino de pessoas.

Apesar de toda essa brutalidade mostrada na guerra, o livro também é recheado de passagens sarcásticas e conversas muito bem-humoradas entre os personagens:

"- Briga de família, garoto, é o pior tipo de briga que existe – dissera John Wilkinson."

Ao longo da narrativa, Nicholas se encontra com diversos personagens marcantes em sua vida, como a freira Melisande, outros bons arqueiros como ele e, principalmente, Sir John Cornwaille. O cavaleiro é imprescindível no desenvolvimento de Hook como pessoa e também como guerreiro, pois o ensina a lutar com outros tipos de arma além do arco longo e também lhe dá algumas lições de vida que ficarão para sempre em sua memória:

"... Mate ou seja morto, dizia sempre Sir John, e Hook correu para o homem, com a acha levantada, o cabo seguro com as duas mãos, ignorou o débil golpe defensivo de espada que o homem ofereceu e estocou com a ponta da lança contra a cintura do francês."

E eu também não posso esquecer de deixar aqui para vocês um quote com uma clara demonstração de como são as descrições minuciosas do autor: 

"O marechal não usava elmo. Seu cabelo era castanho-escuro, cortado muito curto e ficando grisalho nas têmporas, e emoldurava um rosto de tamanha ferocidade que Hook ficou pasmo. Era um rosto quadrado, rijo, com cicatrizes e quebrado, sofrido em batalha e pela vida, mas não derrotado. Um rosto duro, rosto de homem, rosto de guerreiro, com olhos escuros penetrantes que examinavam homens e cavalos em busca de sinais de suas condições. Sua boca estava fixa numa linha séria, mas de repente ele sorriu ao ver o padre Christopher, e no sorriso Hook viu um homem capaz de inspirar outros homens a grande lealdade e vitórias."

Vocês irão gostar muito desse livro, tenho certeza! A rixa da família Hook com a família Perrill se estende por todas as páginas e rende vários momentos de apreensão. O prólogo é sensacional, digno de uma obra de Bernard Cornwell. A única coisa que eu "não gostei" foi da narrativa em terceira pessoa, mas isso é algo mínimo comparado com a grandiosidade do livro.

E só para constar: eu nunca me canso de ler os livros do Bernard Cornwell. São muitos detalhes, são tantas batalhas e reviravoltas que é muito difícil MESMO não gostar do estilo do autor e da sua narrativa. Azincourt é mais um livro na minha lista de favoritos!

Pontos fortes: batalhas, descrições dos cenários e dos acontecimentos, intrigas... Enfim, tudo que deve existir em um romance histórico.
Pontos fracos: o fato do leitor já saber que os ingleses venceriam essa batalha histórica.

Avaliação final:

1 de abr de 2013

RESUMO MENSAL: MARÇO DE 2013

Boa tarde, desbravador.

Vamos relembrar como foi esse mês de Março que passou?


Teve resenha de:
Divulguei:
Começaram as promoções:

Teve memes, selinhos e campanhas:
Gostou do que viu nesse último mês? Sem contar que o blog inaugurou um novo layout, com um estilo bem diferente do anterior. E quanta divulgação, ein? rsrs

Abraços para você e uma boa semana!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...